Smooch Girls

Voltar para os braços onde já foram felizes

Instintos

Como falar apenas deste grupo de pessoas, mulheres, a partir dos 40 anos de idade? O que este grupo tem de específico? E esta experiência surge na vida de todas as pessoas em determinado momento. Esteve casada 25 anos e tem um filho de 20 anos, que ainda vive com ela. Comecei a investigar mais sobre o dia-a-dia de Maria e sua história passada. Casou muito cedo e teve uma vida bastante centrada na família, principalmente depois do nascimento do filho. Madalena, 46 anos Madalena chega ao consultório com queixas de ataque de pânico e ansiedade. Diz que tem medo de quase tudo, e sente que a vida é demasiado ameaçadora.

Anúncios de 379677

Giro VEJA - terça 17 de maio

Sociedade Um amor só é verdadeiro se os dois ficarem juntos para sempre? Subscrever Ricardo Santos e Filipa namoraram três anos. Ele ficou doente e estive sempre ao lado dele. Fiz tudo o que podia fazer. Carlos foi o seu primeiro amor. Os seus caminhos cruzaram-se no comboio que os levava da sua terra, no interior do Algarve, até Silves onde ambos frequentavam a escola comercial.

Anúncios de 50108

Madalena 46 anos

A Press. Outras vezes, ela passa por mim na rua entre camelôs. Vezes outras a entrevejo no espelho de uma joalheria. A mulher madura, com seu rosto denso esculpido como o de uma atriz grega, tem qualquer coisa de Melina Mercouri ou de Anouke Aimée. Enfim, desborda. A mulher madura nada no tempo e flui com a serenidade de um peixe. O silêncio em torno dos seus gestos tem algo do repouso da garça sobre o lago. Sabem a distância entre seu corpo e o mundo

Mãe perto dos 50 : ou mais

Levantamentos mostram que as mulheres continuam subindo ao altar, e muito. Fazem isso sem os medos do passado e, em geral, se casam de segundo — e de novo se preciso for. Entre os casamentos que acontecem hoje no Brasil, a maioria exatamente é o de estreia, o primo de ambos os noivos. Por isso, quanto mais cedo se arrumasse um marido, mais tranquilos ficavam os pais. Nesse ponto, nem tudo mudou tão assim, conforme comprova a história da analista de mídias sociais Fernanda Poli, 31 anos. No entanto, hoje ela comemora a iniciativa. É o que lembra a executiva de recursos humanos Glaucy Bossi, 39 anos, que pediu o divórcio após sete anos de casamento e dois filhos — e, depois de três anos de solteirice, recasou com um colega de trabalho, com quem teve uma filha.